Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Além do Horizonte

Neste blog poderá encontrar temas relacionados com a inclusão, a forma de descomplicar e informar sobre a cegueira, bem como as dificuldades que sentimos no dia-a-dia.

Além do Horizonte

Neste blog poderá encontrar temas relacionados com a inclusão, a forma de descomplicar e informar sobre a cegueira, bem como as dificuldades que sentimos no dia-a-dia.

Cega ou Audiovisual?

24.07.19, Além do Horizonte

 

Vamos lá esclarecer! Não somos audiovisuais, nem invisíveis.

Ser audiovisual já é estranho, mas invisível!! Já é demais !

Acreditem, é mesmo verdade!

Já nos chamaram de invisíveis e com muita pena nossa não estavam a brincar. E já agora, também não somos portadores de deficiência, não transportamos nada.

Uma das primeiras vezes que recorri ao serviço da Uber, o motorista foi bastante atencioso. Veio ter comigo, encaminhou-me para o carro e durante a viagem surgiu a habitual conversa de circunstância. Qual não foi o meu espanto quando a dado momento ele referiu: “Pois, sabe eu também conheço um casal de audiovisuais ”!

Esta foi a primeira vez que me aconteceu ouvir, e sinceramente ao início pensei que estava a brincar, depois percebi que não… Entretanto já voltou a acontecer por várias vezes, principalmente no metro.

O termo invisual surgiu durante a época da ditadura, antes do 25 de Abril. Há quem considere que utilizar a palavra “invisual” se aligeira e reduz a carga negativa que a sociedade atribui ao termo deficiente visual.

Nós achamos que devemos de ser tratadas por cegas, sem qualquer tipo de rodeios! Porque é essa de facto a nossa condição!

 Mas claro que respeitamos quem prefira ser tratado por invisual.

Assim, já sabem! Deficiente visual, cego ou invisual, são termos apropriados!

Audiovisual ou invisível? Definitivamente não!

Bons horizontes!

1 comentário

Comentar:

CorretorMais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.